quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Neo-amoralismo

Vamos imaginar um mundo onde os políticos são corruptos, a impunidade aos poderosos imperam e os valores morais se perdem a cada dia, deleite da criatividade e imagine as novelas estabelecendo os padrões sociais e a sexualidade exacerbada, pensem se o mundo tivesse carecendo de poetas e românticos... Toda e qualquer semelhança deste escrito com a realidade é a mais pura coincidência:



Projeto Imaculado de meretriz,
Merecedora de grande atriz.
Engana-te, engana-me, enganadora,
Por pouco tempo será vencedora.

Já imaginava que esta postura provinda de um moralismo radical paterno
Não conseguiria esconder as vontades e facetas da natureza feminina em plena inquietação hormonal.

Fato tão simples, que banal.

Me liberte poeta novamente, quero chorar, cuspir e vê-la se perder entre a ditadura da estética.
Morra de desilusão quando se encontrar obesa e sem a opção de escolher o parceiro de amanhã.
Amém...


Nenhum comentário:

Postar um comentário