segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Um Termo

Procuro por um termo simples,
Que descreva a doçura do mel,
Ao mesmo tempo a suavidade do céu
E o perfume afável das flores.

Este termo representa louvores,
Fervores aparentes, ao léu,
Fatores que me levam a ser réu
Dos famosos sentimentos de amores.

Um termo que diga o que se passa comigo,
O quão sinestésico e transcendente,
Nos momentos em que estou contigo.

Procurarei este termo incessantemente,
Pois quando em seus braços me abrigo
Afirmo o fato mais belo existente.


Todos os direitos reservados , caso queira publicar este poema favor comunicar anteriormente ao autor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário