quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Despertar

Eis o florescer de minhas preces
Refutando as falácias ambiciosas almejadas.
Anseios e angústias transformadas
Em desejo vislumbrado que esclarece.

Ser um grande homem
É tornar-se o menor deles.
Deter sabedoria
É entender a sua falta.
Liderar com autoridade e eloquência
É ser liderado pelo Espírito Santo de Deus.

Quem diria?
...
Eu?



Todos os direitos reservados, caso queira publicar este poema favor comunicar anteriormente ao autor.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Interiorizando

Reescrevendo a alma.
Algo no âmago aclama,
Sorrateiramente acalma
E traz a tão clamada chama!


Todos os direitos reservados, caso queira publicar este poema favor comunicar anteriormente ao autor.